Imóvel na planta pode sofrer alterações feitas pelo comprado

14/06/19


Cada construtora possui suas próprias regras quanto às alterações do projeto. Normalmente, o comprador pode solicitar mudanças na planta em um prazo médio de 120 dias após a assinatura do contrato, dependendo do andamento da obra. É necessário que o novo projeto seja aprovado e executado em tempo hábil, sem prejudicar a construção das demais unidades.  Modificações Geralmente não são permitidas modificações que exijam a demolição ou a danificação de paredes após o término do reboco. Mudanças consideradas irreversíveis, como a eliminação de um banheiro ou a ampliação de um cômodo em detrimento de outro, ou que resultem na desvalorização do imóvel não são recomendadas pelas empresas, além disso, não são permitidas mudanças que alterem a fachada da edificação ou de áreas de uso comum. Alterações na parte hidráulica devem ser documentadas com fotografias para evitar futuras perfurações na tubulação. Custos Outra observação importante são os custos adicionais além de continuar em dia com o pagamento dos valores acordados em contrato. As instalações elétricas e hidráulicas, alterações de alvenaria (quando permitido) e a execução de reboco deve ser feita pelos profissionais da construtora principalmente quando a mesma possui procedimentos específicos para manter um padrão de qualidade. Os serviços de gesso, colocação de porcelanato, granito, faixas cerâmicas ou outros revestimentos que não façam parte do projeto original devem ser realizados por profissionais terceirizados, contratados pelo comprador. (Se a empresa possuir procedimentos de execução de serviços, os profissionais contratados devem passar pelo treinamento para seguir o padrão). No caso de serviços como pintura de paredes, portas e rodapés, instalação de outros modelos de portas, colocação de banheira ou de box no banheiro, a execução deve ser realizada após a entrega das chaves. É essencial que o proprietário visite o imóvel para acompanhar a execução da obra, utilizando sempre equipamentos de segurança e acompanhado do responsável imediato pela obra. (Engenheiro, mestre de obras, TST) Materiais Atualmente a maioria das Construtoras estão implementando sistemas e certificações como o SiAC / PBQP-h (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat) ou ISO (International Organization for Standardization) para garantir a gestão de qualidade dos empreendimentos. Por isso, deve-se ter cuidado ao comprar materiais para substituir durante a obra. Os materiais devem está de acordo com o atendimento de diferentes requisitos Normativo, garantir a qualidade dos materiais e garantia. Se você tem interesse em comprar um imóvel na planta e fazer modificações durante a obra, sugerimos que antes de fechar negócio, consulte as condições da Construtora. Caso a empresa possua algum sistema de gestão da qualidade, solicite também uma lista de empresas e materiais permitidos.   Por:  Vinícius Vieira Coordenador da Qualidade e Corretor de Imóveis na Construtora Luxor Ltda - Creci 3766 Publicitário formado pelo IESP

Imóvel na planta pode sofrer alterações feitas pelo comprado

QUEM SOMOS

Somos uma empresa com 14 anos no mercado lhe oferecendo confiança na compra, venda, locação e administração de imóveis na região Sul de João Pessoa, contando com profissionais altamente capacitados e credenciados para atender um mercado cada vez mais promissor.

ENDEREÇO

Rua Radialista Antônio Assunção, 400 - Jardim Cidade Universitária, João Pessoa - PB, 58052-230
João Pessoa - PB
Brasil



Caixa
Banco do Brasil